terça-feira, 23 de abril de 2013

Preciso de ti.....


Preciso de ti...a cada dia e a cada hora desta minha vida...sem ti não sei quem sou, simplesmente porque me fecho dentro de mim mesmo e deixo que essa outra pessoa comande a minha vida, que tome as decisões por mim...mas eu não sou essa pessoa...não é a mim que beijam mas sim o meu corpo...eu, estou fechado dentro dele e apenas tu, meu amor, tens a chave para me libertares...
A vida foi injusta e madrasta com o nosso amor, o destino levou-nos para bem longe um do outro...mas espero que em breve possamos os dois, juntos, dar uma lição neste destino...possamos ensinar-lhes que não é certo separar duas pessoas que se amam incondicionalmente e vamos mostrar-lhes que o que sentimos está acima de tudo, acima deles, que se julgam ser importantes, mas mais importante é o nosso amor. Provaremos que somos feitos um para o outro, que nos amamos e que conseguiremos vencer todas as batalhas juntos de mãos dadas e sorriso nos lábios! Que nem quando estamos fracos e frágeis, eles poderão comandar-nos!
Amo-te...é apenas isso, e sei que agora nada mais te posso oferecer do que simples palavras que não trazem sentimento algum apenas posso escrever-te, que te amo. Seremos felizes e a confiança nesta minha ideia, nesta minha convicção é muito maior que a vida, que o destino ou qualquer outra coisa que seja contra o nosso amor, o amor pode tudo, mesmo quando apenas nos restam palavras, mesmo quando o mundo duvida deste nosso amor, mesmo quando a nossa própria família acredita que o sentimos, seja natural da idade, que passará com o vento e cairá em esquecimento e que pensem o que quiserem, porque nós iremos provar que o que sentimos é mais forte que todas as convicções, que todos os valores de uma sociedade, que o destino, que a própria vida...
Amo-te...e não me canso de dizer, não grito ao mundo o amor que sinto, talvez porque essa outra pessoa, uma desconhecida, não deixe, e me controle...amo-te, nunca duvides. És tudo o que um dia quis, és tudo o que eu preciso e vou precisar...amo-te, apenas isso...

Sem comentários:

Enviar um comentário